Vida Chilanga: As cinco coisas que mais gosto e desgosto em CDMX

cdmx

No começo, tudo é super legal. Mas, passando a Lua de Mel, a gente começa a conhecer de verdade no que estamos nos metendo. E agora, com quase dois meses de México, me sinto à vontade para apontar o que acho mais bacana e aquilo que não gosto tanto. Também gosto de dizer que esses são pontos de vista pessoais e que adoro ouvir outras opiniões, e que existem muuuito mais coisas que gosto do que desgosto! CDMX é uma cidade fascinante e vou começar pelas surpresas positivas:

1) Comida!
Já pensou ter todos os dias opções de comidas deliciosas, frescas e saudáveis? Pois aqui é super possível. Muitos legumes, peixe, frango e frutas – incluindo o melhor abacate do universo – em tudo quanto é esquina! Se você gosta de comida picante, como eu, sua vida definitivamente fica mais fácil. As culinárias regionais de todo o país são muito bem representadas na capital e eu sugiro que prove um pouco de tudo.

2) Mobilidade!
A Cidade do México é gigantesca, mas movimentar-se por ela é surpreendentemente fácil. Para quem estava acostumada ao trânsito de São Paulo, como eu, o daqui não é muito diferente. Porém existem três fatores fundamentais que fazem com que CDMX chute SP no bumbum. Primeiro que a cidade é plana, ou seja, se um lugar for relativamente perto, você pode caminhar sem se preocupar com ladeiras “à lá Jardins”. Segundo que, como eu já havia pesquisado e mencionei em meu primeiro post do blog, a rede do metrô é bem maior e o bilhete é um dos mais baratos do mundo. Terceiro porque o Uber e o Cabify aqui são ótimos e muito baratos. Sem desculpas pra ficar em casa – ADORO!

3) Cultura e Arte!
Desde antes mesmo de Colombo desembarcar pela América, os mexicanos já se dedicavam às artes com esculturas e murais impressionantes. Até hoje isso se mantém forte e a identidade cultural é muito bem preservada, mesmo quando misturada a grandes nomes internacionais. Para ter uma idéia, CDMX é a segunda cidade no mundo em número de museus, perdendo apenas pra Paris. E alguns deles, como o de Antropologia, são uma imperdível aula de história, contando com diversos artefatos de sítios arqueológicos do País. A Casa Azul, onde viveu Frida Khalo, tem um acervo incrível de obras da artista. E se você não é muito de museus, mas adora uma galeria ou um artesanato, existem diversos lugares para encontrar coisas lindas, levar para casa ou apenas admirar. Impossível não se inspirar e absorver um pouco dessa cena pulsante.

4) Festas e Entretenimento!
Como bons latinos, os mexicanos não são muito de ficar em casa. Não importa se você quer bailar reggaeton, fazer um after de eletrônico, sair pra comer algo diferente a qualquer hora ou sentar numa mezcaleria e esquecer do tempo, todos tem lugar aqui. Bem mais barato que no Brasil e com qualidade de cair o queixo, dá pra sair de segunda à segunda, cada dia num programa diferente, e não se decepcionar. Em meu primeiro fim de semana, por exemplo, assisti MGMT de graça no Leonor, uma balada pertinho de casa. O fato de ser tão próximo aos EUA com certeza ajuda e várias atrações internacionais aparecem pra dar palhinha por aqui. Nesse segundo semestre de 2017 virão U2, Noel Gallagher, Red Hot Chili Peppers, Paul McCartney, Green Day, The XX e Phoenix, só pra dar alguns exemplos, além da edição Mexicana do Ultra Music Festival.

5) Amabilidad!
Brasileiros são geralmente super festivos, gentis e amigáveis, mas o México tá de parabéns! Pensa num povo querido, educado, bondoso e que tenta entender ao máximo meu espanhol macarrônico. Sempre sorrindo e dispostos a ajudar, é bem fácil se misturar aos mexicanos e fazer amizades. Simpatia nota 10!

Já entre as coisas que não gosto, estão os seguintes ítens:

1) Doces e Sobremesas!
Eu sou chocólatra, gente. Os doces aqui parecem aqueles caseiros coloridos, vibes Cosme e Damião, feitos de frutas, cereais e cheios de açúcar. Alguns doces são salgados, JURO POR DEUS, e nem tento mais entender. Até mesmo o churros decepcionou. A paleta mexicana, que vemos em tudo quanto é canto no Brasil, aqui é difícil de achar e mega sem-graça. Ainda bem que vende Nutella no mercado!

2) Pedintes!
Imagine-se dentro de um restaurante, dando uma baita mordida num wrap. Você está mastigando e saboreando sua comida toda feliz, até que um senhor enfia uma tigela com umas moedinhas na sua cara, sem nem te deixar engolir a deliciosa iguaria direito, fazendo a cara do Gato de Botas do Shrek. Chato, né? POIS ISSO ACONTECE COMIGO TODOS OS DIAS! Até em restaurantes sofisticados, pessoas – às vezes crianças-  vendem coisas e te colocam numa situação desagradável. Tô acostumada com os mendigos e ambulantes de São Paulo, mas aqui só falta eles entrarem na sua casa. Acho uó!

3) Compromisso e Pontualidade!
Brasileiro já é acostumado com atraso, mas nada como aqui. Seja nos negócios, entre amigos ou até mesmo encomendas em lojas ou entregas, tudo demora. DICA: Se uma festa está marcada para as 6pm, chegue as 9pm. Fiz isso há poucos dias e ainda fui uma das primeiras!

4) Roupa!
Eu ADORO moda e criar diversos look diferentes pra sair. Para mim, uma das maiores atrações em lugares como NYC, Paris, Milão e mesmo SP é simplesmente observar as pessoas e ver como elas se expressam através de suas roupas. Mas aqui em CDMX acho tão sem-graça… Primeiro que, mesmo no veraozão, fazendo 30 e poucos graus na rua, todo mundo está de calça. Vestidos, shorts e saias são raridade nas chilangas. Até existem grifes bacanas, mas as pessoas em geral optam pelo óbvio. Fica ainda mais difícil porque meu biotipo é bem diferente do mexicano, que é mais baixo e troncudo, e as marcas locais acabam não me vestindo bem. Obrigada por existir, Zara!

5) Clima!
É verão mas faz frio toda noite. Além disso, essa é a temporada de chuva, então ainda não consegui ver muitos dias consecutivos de sol. Minha pele fica bem mais seca que no Brasil, às vezes até descasco, e minha boca vive rachada. A poluição do ar também me afeta e meus olhos ficam bem mais irritados. Quando mudei para a Califórnia, lembro-me que passei por uma “fase de adaptação” e acabei me acostumando. Torcendo pra acontecer aqui também!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s