Mudando de País: Dicas de como se preparar

IMG_5088Nos últimos 9 anos, me mudei de cidade tantas vezes que às vezes fico até perdida. Comecei em 2008, saindo de Santos para San Diego, na Califórnia. De lá fui pra Miami, em 2010, e então para o Rio de Janeiro por um breve período de 6 meses, em 2012. Voltei para Miami e lá permaneci até 2014, quando decidi voltar para o Brasil – mais precisamente São Paulo. Em 2015, fiquei por 7 meses em Santos, até voltar à SP em Fevereiro de 2016, onde vivi até antes de mudar-me para a Cidade do México, em junho de 2017.

cidades4Muitas pessoas me perguntam como eu faço para mudar-me tanto, outras fazem fofocas maldosas a respeito, mas a verdade é que não precisa ser rico ou fazer nada ilegal ou imoral para viver assim; só é preciso ter coragem. Coragem de saber que pode dar merda, coragem de abrir mão de todo o conforto que você tem, coragem de dar alguns passos para trás em questão de carreira ou financeira, coragem de saber que muitas vezes você vai enfrentar perrengues monstruosos sozinha, coragem pra se expor ao preconceito alheio seja por ser estrangeira, por não ter domínio da língua, por ser mulher… Enfim, estar disposto a engolir a dor do “se tudo der errado”. Acredite, às vezes dá. Já deu bem errado pra mim e eu não morri – levantei, balancei a poeira e segui em frente. A gente descobre uma força descomunal quando precisa dela.

Uma das melhores formas de se prevenir de armadilhas é o PLANEJAMENTO, e quanto mais tempo você tiver para organizar-se, melhor! Abaixo, cito algumas coisas que sempre faço durante a preparação e outras que tive que aprender na prática.

ESTEJA PREPARADO(A) PARA DESAPEGAR-SE
cidades3Um término ruim de relacionamento, um trabalho maçante ou o simples cansaço da rotina parecem ser motivo suficiente para partir, mas acredite: Não são. Ir embora é geralmente abrir mão de quase todas as suas coisas, dos lugares que você gosta de ir e das pessoas que você ama. Sua coleção de livros, os uniformes do colégio assinados pelos colegas ao fim do ano, a reencontro mensal com o pessoal da facul pra uma cervejinha… Tudo isso vai ficar para trás. Para a maioria dos países, você terá direito a levar, sem custo adicional, apenas duas malas de 32kg. Para quem tem pet, o custo para transportar o bichinho é quase igual ao de uma outra pessoa, dada a quantidade de documentações e taxas, por isso muitos os deixam com a família. A boa notícia é que você se acostuma a ter pouco, acaba tendo um guarda-roupas mais funcional e isso deixa a sua vida muito mais prática.

ENTENDA AS SUAS NECESSIDADES E LIMITAÇÕES AO ESCOLHER UM LUGAR
cidades1Sua melhor amiga de infância foi estudar em Londres e logo conseguiu uma vaga em uma multinacional. Aquela vizinha que cresceu no mesmo prédio que você está fazendo uma fortuna em Dubai. Seu primo já avisou que não volta nunca mais do Canadá. ISSO NÃO QUER DIZER QUE ESSES LUGARES SEJAM PARA VOCÊ. Antes de fazer sua escolha, perca horas, dias ou até semanas decidindo entre lugares possíveis. Você estaria disposto a viver oito meses debaixo de neve? Se sujeitaria a viajar mais de 20 horas para visitar sua família? Saberia como agir em cidades onde se escutam diversos casos de xenofobia?

Algumas vezes, romantizamos lugares conforme a expectativa que criamos em torno deles, mas posso dizer por experiência própria que a realidade é bem mais cruel. Eu mesma, por exemplo, AMO Nova York, mas não suporto o frio por muito tempo. Uma conhecida minha está no Hawaii e não vê a família há mais de dois anos, porque nem ela e nem eles tem condições de bancar a passagem. Aos que se arriscam a ficar sem visto de residência, a situação é ainda mais delicada, uma vez que geralmente a entrada e saída ficam impossíveis, assim como um trabalho formal, carteira de habilitação ou crédito em banco. ESTEJA PRONTO PARA O PERRENGUE, a vida de imigrante pode ser bem difícil e às vezes uma simples tarefa do dia-a-dia pode ser uma missão.

QUITE SUAS DÍVIDAS E GUARDE DINHEIRO
cidades5Taí uma das partes mais delicadas, ao menos para mim. Eu tenho Expensive Taste, ou seja, gosto de coisa boa. Nunca tive um trabalho que me permitisse guardar dinheiro fazendo tudo o que gosto, então quando preciso economizar, me sacrifico. Passo fins de semana em casa, vejo os amigos viajando no feriado enquanto fico no Netflix, não passo nada no crédito, faço minha própria comida, minhas unhas, fico longos meses sem cortar o cabelo, caminho pra não gastar em transporte… Enfim, claro que em um país com tantas pessoas passando necessidade como o Brasil, na verdade eu estou apenas vivendo como a maioria da população. Mas vamos também considerar que ninguém devia viver assim, apenas para trabalhar e pagar as contas, e todos deviam ter acesso ao que, infelizmente, é privilégio.

Mas a realidade é que, exceto à minoria que se muda por uma proposta de trabalho, grande parte vai sem muita perspectiva de emprego ou moradia. Mesmo que você tenha algum tipo de residência permanente, como ocorre com muitos brasileiros que tiram passaporte europeu, por exemplo, encontrar um trabalho que te dê um estilo de vida totalmente confortável logo de cara é quase impossível. TENHA DINHEIRO PARA A FASE DAS VACAS MAGRAS, elas quase inevitavelmente acontecem. E não se deixe seduzir pelos preços das coisas até ter uma renda estável. Eu sei que 15 euros em um par de jeans na H&M parece sedutor, mas essa grana paga várias refeições feitas em casa. Gaste apenas com o necessário.

CUIDE DA SAÚDE ANTES DE VIAJAR
cdmx3Isso é muito sério: Faça tudo o que puder antes de se jogar pra qualquer canto do mundo. Faça um preventivo, peça exame de sangue, consulte um oftalmo, vá ao dentista, examine aquela mancha estranha que apareceu no seu ombro. Você não vai querer descobrir algo para tratar quando estiver com mil outras preocupações na cabeça e grana curta. Se você já sofreu depressão, toma/tomou remédios para isso ou faz terapia, converse com seu médico antes de decidir viajar. O estresse de uma mudança pode ser bem duro e você vai querer estar 100% equilibrado(a) para enfrentar o que quer que seja.

SEJA CARA DE PAU
cidades2Escolher ir embora também significa deixar a timidez e o medo de passar ridículo para trás. Uma das coisas que mais amo na mudança é exatamente essa oportunidade de reinvenção, de dar restart, de se dar ao prazer de conhecer e experimentar. Entre nos grupos das redes sociais, veja o que está acontecendo, quais são os lugares que as pessoas frequentam e interaja. Quando você chegar, ninguém vai te buscar em casa, oferecer amizade e te mostrar os lugares que são a sua cara: isso vai depender inteiramente de você. Tenha cuidado com armadilhas, não seja crédulo(a), mas se dê a chance de errar, de fazer uns programas de índio, de dançar um ritmo diferente, de ir a um jogo de algum esporte que você nunca ouviu falar. Lembre-se que até as roubadas são válidas, pois servem ao menos de lição para o que você não quer. E não tenha vergonha de chamar os outros pra um café, pra um passeio no parque, de puxar papo na academia. Não existe fórmula para fazer amizades, então arrisque-se sem medo de ser feliz.

 

 

Advertisements

6 thoughts on “Mudando de País: Dicas de como se preparar

  1. Obrigada por esse post Mari!
    Por esclarecer pros haters que é preciso CORAGEM e DETERMINAÇÃO. Duas coisas que a maioria dessas pessoas que falam demais não tem e nunca terão.
    Post perfeito!

    Liked by 2 people

  2. Muito legal, Ma.

    Ótimo texto!!! Agora estou na França vivendo os perrengues de carregar meu equipamento fotográfico e tudo mais usando a bicicleta como principal meio de transporte. Tem perrengue? Tem sim senhora! Mas nos deparamos com coisas inimagináveis de boas, e isso é insuperável. Coragem sempre … um beijão 😉

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s