Diário de Pré-Viagem: Meus lugares favoritos de SP/ Avenida Paulista

paulista 9Quais são as memórias que vocês trazem da infância? Quando criança, eu costumava visitar bastante São Paulo. Meu pai tinha uma banda e subíamos a serra para ele tocar com os amigos aos finais de semana. Lembro-me de passar pela Paulista, ver seus arranha-céus e luzes e pensar: “Um dia eu quero fazer parte disso”. Minha paixão por cidades grandes nasceu por causa dessa Avenida, e até hoje, quando caminho entre um aluno e outro, olho para cima, vejo o topo dos prédios – que, hoje em dia, não parecem mais tão grandes assim – e digo a mim mesma que sonhos se realizam. E é por isso que é sobre ela o segundo post sobre meus lugares favoritos de SP.

paulista 12Sendo um dos principais centros financeiros da cidade, é grande o número de sedes de bancos, empresas, hospitais e centros culturais ao longo de seus 2,7km de extensão. Inaugurada em 1891, a Avenida era lar de diversas pessoas que buscavam um lugar na cidade em expansão. Casebres e cocheiras disputavam espaço com imponentes casarões, alguns dos quais ainda fazem parte de sua paisagem. A Paulista continua sendo o endereço de muita gente, com mais de 200 mil habitantes. Pra ter uma idéia, se fosse uma cidade, ela estaria entre as 150 maiores do Brasil.

paulista 8As opções culturais na Paulista são seu ponto forte, em minha opinião. O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) é um dos principais da América Latina, dado ao incrível acervo de artistas que podem ser encontrados por lá. Obras de Monet, Renoir, Van Gogh, Diego Velázquez e Portinari fazem parte da coleção permanente, mas exibições temporárias também trazem grandes nomes, como Caravaggio. Aos domingos, no vão do Museu, acontece uma famosa Feira de Antiguidades cheia de achadinhos e barganhas.

paulista 3O Centro Cultural FIESP também abriga exposições. Projetado por Paulo Mendes da Rocha, o espaço reúne o teatro, galeria de arte, mezanino e tem uma interessante agenda de shows, peças e palestras. Pertinho, fica um de meus xodós: O Cinema Reserva Cultural. Lá são exibidos filmes cult, documentários, e alternativas aos blockbusters das grandes redes de cinema. O ambiente é um charme só e conta com um delicioso Bistrô para tomar um café ou fazer uma boquinha.

paulista 2Amantes de livros tem duas opções famosas por lá, que são a Livraria Cultura e a FNAC, com milhares de títulos disponíveis, além de revistas e outros ítens. Mas meu espaço favorito, sem dúvidas, é a Passagem Literária da Consolação, que fica bem na esquina com a Paulista. Localizada em uma travessia subterrânea, cheia de graffitis incríveis, funciona como um sebo coletivo. O espaço vende livros usados e abriga exposições e eventos.

paulista-11-e1495814823461.jpgQuem aí gosta de Starbucks? Eu amo, não só para tomar café mas especialmente para sentar lá com meu computador por algumas horas para trabalhar. Na Paulista existem vários e acho que já fui em todos, ou pelo menos, quase isso. Meu favorito é o da esquina com a Alameda Casa Branca, que tem um janelão no segundo andar com vista para o MASP. Ao lado encontra-se o Parque Trianon, um suspiro verde na selva de pedras. Inaugurado em 1892, abre todos os dias e conta com playgrounds, aparelhos de ginastica e a “Trilha do Fauno”, nome dado por conta da presença da escultura homônima do artista Victor Brecheret.

paulista 6Para a alegria dos shopaholics, vários shopping centers se acumulam pela região. O Pátio Paulista, o Cidade São Paulo e o Top Center são ótimos e oferecem lojas como Diesel, Farm e Le Lis Blanc, além de várias opções para comer nas praças de alimentação, desde poke bowls a hambúrguers. Porém, confesso que meu lugar favorito para comprar é no Shopping Pamplona, uma mini 25 de Março que é ótima para eletrônicos, acessórios e até suplementos. Se você gosta de economizar e tolera tumulto, vale a visita.

paulista-4.jpgApenas caminhar e observar a diversidade de gente que a Paulista abriga já é um programão. São milhares de pessoas cruzando suas esquinas todos os dias, quase sempre em ritmo acelerado. Mas, aos domingos, uma outra Paulista mostra a cara. Desde Junho de 2016, a Avenida fecha a circulação de carros durante o dia e vira ponto de encontro entre famílias, amigos, músicos, esportistas e quem mais quiser vir. Com diversas atrações gratuitas, é uma forma deliciosa de encerrar seu fim-de-semana!

paulista 1Cultural

MASP: Esquina com a Alameda Casa Branca, n. 1578.

Centro Cultural FIESP: Próximo à Rua Pamplona, n. 1313.

Cinema Reserva Cultural: Próximo a Alameda Joaquim Eugênio de Lima, n. 900.

Passagem Literária da Consolação: Rua da Consolação, esquina com a Paulista.

Aos Domingos: Paulista fica aberta entre as 10h e 19h somente para pedestres. A Feira de Antiguidades do MASP funciona das 10h às 17h.

paulista-7.jpgCompras

Top Center: Próximo a Alameda Joaquim Eugênio de Lima, n. 854.

Cidade São Paulo: Próximo à Rua Pamplona, n. 1230.

Patio Paulista: A entrada fica na Rua Treze de Maio, 1947.

Shopping Pamplona (antigo Stand Center): Esquina com a Rua Pamplona, n. 1217.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s